Curso de arte

Como utilizar o Pinterest para divulgar meu artesanato?

Escrito por Casa das Artes

Desde que elas começaram a fazer parte do nosso cotidiano, as redes sociais têm sido usadas como ferramentas para diversos fins, inclusive para divulgar o trabalho de muitos profissionais autônomos.

Para quem realiza atividades manuais ligadas à arte, moda, design e decoração, as redes que trabalham com foco em conteúdos visuais — como o Pinterest e o Instagram, por exemplo — costumam ser eficientes meios de pesquisa e divulgação. Mas você sabe como utilizar o Pinterest na divulgação do seu artesanato?

Muitas pessoas acreditam que basta criar um perfil e pronto, os clientes chegarão automaticamente ao negócio sem nenhum esforço. Na verdade, isso não é bem assim: é preciso ter uma conta eficiente e divulgar o seu trabalho de forma com que ele seja facilmente encontrado pelo seu público.

Quer entender como fazer isso na prática? Confira nosso guia sobre o funcionamento do Pinterest e saiba como essa rede pode ser utilizada na difusão da sua arte!

O que é o Pinterest?

Com mais de 175 milhões de usuários ativos por mês, o Pinterest foi criado para facilitar o compartilhamento de fotos, permitindo ao usuário postar, encontrar e organizar referências.

No Pinterest, é possível criar quadros de inspirações de um mesmo tema, como moda, decoração, culinária, jogos, beleza, arte e artesanato, por exemplo. Outras funções interessantes são o compartilhamento de imagens de outros perfis, a criação de pastas e as opções de seguir outros usuários e comentar em fotos.

Na verdade, não se trata de uma rede exatamente nova: o Pinterest foi criado em 2010, mas só se tornou mais popular no Brasil ao longo dos últimos anos.

Por que utilizar essa rede social?

Com tantas opções de redes sociais, por que escolher o Pinterest para divulgar o meu artesanato?

Em primeiro lugar, como mencionado anteriormente, trata-se de um aplicativo visual pensado especificamente para trabalhar com imagens, característica essencial pra quem vende artesanato, certo?

De fato, existem outras redes, algumas até mais famosas, que realizam algumas dessas funções. No entanto, o Pinterest se destaca em diversos aspectos: ele funciona como uma vitrine virtual, onde os profissionais divulgam seus produtos de forma prática, contribuindo para que as imagens sejam favoritadas ou compartilhadas por diversos usuários.

Mas, como utilizar o Pinterest de forma eficiente?

Para aproveitar todo o potencial da ferramenta na difusão do seu trabalho e obter bons resultados, é preciso prestar atenção em alguns detalhes que fazem toda a diferença. Confira abaixo um pequeno passo a passo de como criar uma conta de sucesso:

Crie um perfil empresarial

Uma das orientações mais valiosas para quem vende é criar um perfil empresarial. Isso porque essa modalidade tem algumas funções exclusivas que vão ajudar bastante na disseminação do seu trabalho. Para isso, você deve:

  • acessar o site do Pinterest;

  • preencher os campos e-mail e senha (se preferir, você pode utilizar o cadastro do Facebook para entrar);

  • clicar no botão continuar;

  • clicar direto em “continuar como empresa”, antes mesmo de colocar os dados que o aplicativo pede;

  • agora sim, preencher todos os campos com o nome comercial, e-mail, tipo de empresa, entre outras informações;

  • após completar tudo, clicar em “criar conta”.

 

Muito fácil, não é mesmo? Agora que você já tem um cadastro, chegou a hora de cuidar das próximas etapas. Vamos a elas:

Capriche nas fotos e em suas descrições

No campo “descrição”, escreva uma boa apresentação para o seu artesanato. O espaço não é grande, então faça um texto claro e objetivo, utilizando sempre palavras-chave relacionadas ao tipo de produto que você quer vender.

Se você tiver uma logomarca, utilize-a como foto de perfil. Caso não tenha, escolha uma boa imagem de algum trabalho seu, de preferência um que saia bastante e/ou que represente o seu estilo.

Invista na qualidade das fotos

Como o Pinterest é uma rede baseada no apelo visual, as suas fotos precisam ter qualidade para atrair a atenção das pessoas.

Tire fotos com uma resolução boa — pode ser até com um smartphone, se ele tiver uma câmera de qualidade —, tenha carinho e cuidado para escolher as melhores angulações e, se preciso, trate as imagens para corrigir ou melhorar o que for necessário.

Melhore o seu ranqueamento

Para que seu artesanato seja encontrado nos mecanismos de busca dentro e fora do Pinterest — como no Google, por exemplo —, coloque sempre hashtags com palavras-chave nas publicações que você fizer. Esses termos precisam ser relacionados ao seu produto para ajudar os usuários — e possíveis clientes, é claro — a encontrá-lo com mais facilidade.

Crie pastas do seu negócio

No Pinterest, as pastas funcionam como álbuns ou quadros de opções que ajudam a organizar as imagens por estilo, coleção ou o que mais você achar relevante. Portanto, não deixe de criar uma para os seus produtos. Se você oferece mais de um tipo de artesanato, crie uma pasta para cada um.

Faça álbuns de inspirações para os clientes

Além dos álbuns dos seus produtos, é importante criar outros com itens semelhantes ou assuntos relacionados. Você pode, por exemplo, apostar em pastas com dicas de decoração ou que mostrem os bastidores da produção do seu trabalho. Isso fará com que os usuários se sintam mais próximos de você, aumentando a confiança no seu trabalho e contribuindo para as vendas.

Aposte em grupos

No Pinterest, também é possível criar álbuns com a ajuda de outras pessoas. Eles funcionam como uma espécie de grupo: você cria um álbum e convida outras pessoas para adicionarem imagens, as quais apenas você poderá editar.

Aqui, uma dica interessante é criar um com fotos dos clientes junto às peças compradas, o que ajuda ainda mais na divulgação do seu trabalho. Seja qual for o tema do grupo, não se esqueça de trabalhar bem as legendas das imagens.

Não deixe de ser um seguidor

Além de se preocupar com o seu conteúdo, não se esqueça de seguir outros perfis. Sempre que possível, curta e comente as publicações das páginas que você segue para se inserir no mercado e seguir boas referências.

Você pode acompanhar, por exemplo, outros artesãos, empresas de artesanato, clientes e fornecedores da matéria-prima que você utiliza. Lembre-se que alguns deles precisam ser bem populares, e divulgar o seu nome nesses perfis aumentará ainda mais as chances de visualização do seu trabalho.

Acompanhe o seu desempenho

O Pinterest possui algumas ferramentas que avaliam metricamente o seu perfil. Com elas, você pode acompanhar alguns resultados da sua página — como o número de acessos, por exemplo. Ficar de olho nesses dados é importante para saber o que está indo bem e o que precisa ser melhorado.

Combine com outros aplicativos

A ferramenta oferece integração com o Facebook, Twitter, Gmail, Yahoo e Google Plus. Assim, você pode compartilhar as mesmas publicações em outros locais, ampliando ainda mais o alcance do seu trabalho.

Aposte em datas comemorativas

Faça uma lista de todas essas épocas e pense na forma como o seu artesanato se relaciona com elas. Dessa forma, você terá em mãos uma possibilidade de planejar conteúdos e ações específicas, como produtos ideais para datas comemorativas e demais períodos comerciais.

Agora que você já sabe como utilizar o Pinterest para divulgar o seu artesanato, não deixe de colocar em prática as dicas desse post. Assim, além de estar por dentro de todas as tendências relacionadas ao seu negócio, você certamente vai se surpreender com os resultados!

Se você gostou desse post, compartilhe-o nas suas redes sociais e marque os amigos artistas que vão gostar dessas dicas

Sobre o autor

Casa das Artes

Deixar comentário.

Share This